Gestão de Projetos IOT

Nosso país é gigante e não há uma conectividade única e ideal que possa ser replicada como um padrão único no projeto.

Hoje quero falar com você, gestor de projetos de Internet das Coisas. 

O grande desafio está em trazer simplicidade para sua operação, concorda? 
 

Você que tem um projeto no ar deve ter se dado conta que a questão da conectividade tem que ser agnóstico ao projeto – não adianta reinventar a roda. Nosso país é gigante e não há uma conectividade única e ideal que possa ser replicada como um padrão único no projeto. 

Imagem Páginas/03. Blog/Artigos/Gestão de projetos IOT/Conectividade-Diversidade

Se você ainda não percebeu isso, talvez não tenha chegado à centena de milhares. Mas olha, confia em mim, você vai chegar nesse número e o quanto antes puder pilotar uma gestão agnóstica, mais tranquilidade, menos gastos, mais segurança e escalabilidade vai ter para atender seus clientes. 


Agora, se você já está sentindo isso na pele, tenho certeza que sua operação está ficando complexa. 


A gestão da rede, dos ativos IoT conectados e da operação do projeto provavelmente está ficando cada vez mais complexa com diversas ferramentas de variados fornecedores; e quando algo para de funcionar é um Deus nos acuda para saber onde está o problema. 


Isso não é o máximo do que pode estar acontecendo.

Tem mais: o desperdício.
 

Os desperdícios são os acessos que você não sabe onde está, com quem está… Deixa eu ser mais clara, você pode estar pagando fornecedor (conectividade) e nem estar usando. Outro cenário é você ter um grupo de dispositivo com o plano errado contratado, pagando uma conta alta de excedentes e outros planos com folga de franquia. Só para fechar em 3 motivos, vou citar mais um cenário: os acessos sem segurança adequada, trafegando, por exemplo, em rede pública.


Veja, não me interprete mal, não é algo pessoal com sua gestão, afinal acontece com todos pelo padrão de entrega e acesso ao sistemas das grandes operadoras. Também quero enfatizar que quando me refiro a operadoras não é só GSM. Hoje temos mais opções de redes e fornecedores e vou tocar nesse assunto no decorrer deste artigo. 


Mas antes, valida comigo outros desafios que é atender diferentes tipos de entrega da informação para seu público: 

  • Usuário final
  • Financeiro
  • Operação
  • Vendas
  • Etc.  
     

A raiz da informação é única, mas o foco, urgência e granularidade da informação irão variar para cada área. Como você tem feito estas entregas? 
 

Por exemplo, o usuário final quer seu dado transformado em valor, não quer nem saber da conectividade por trás ou de eventuais falhas temporárias – ele quer ver o seu gráfico e acompanhar se os índices estão de acordo e receber alertas dos desvios.


 
FINANCEIRO

O financeiro está preocupado em não ter surpresas na contas e garantir a previsibilidade do orçamento tanto para pagar o fornecedor como para receber dos clientes. A tarefa também inclui dar liberdade e garantir experiência nesta gestão. Se busca simplicidade para conferir as contas das operadoras, o que muitas vezes não ocorre, as empresas chegam a designar um ou mais funcionários só para cuidar disso – eu, particularmente, acho um gasto desnecessário, pois se a empresa trabalha com Internet das Coisas está entregando inteligência, mas é provável que não esteja aplicando no seu próprio negócio – a sua companhia é estilo “Casa de Ferreiro, espeto de pau”? Vou te ajudar a mudar isso, calma! Este artigo ainda tem muito a te entregar. 


Ainda sobre o financeiro, deveria estar garantindo a usabilidade e experiência com a geração da fatura, nota fiscal, boleto minimizando inadimplência e garantindo o acesso à informação daquilo  que está sendo cobrado em formatos do detalhado ao simplificado.


Aqui é provável que esteja acontecendo em outra ferramenta/sistema e eu pergunto: por quê?

Se como dito lá acima, a raiz da informação é a mesma do projeto IoT para as diversas áreas, parceiros e clientes que fazem interface com o projeto IoT. 

 
 

OPERAÇÃO

A área de operação precisa de um acompanhamento em tempo real, com flexibilidade na granularidade para a efetiva gestão do projeto e, para este grupo, nada menos do que as melhores práticas de banco de dados e gráficos flexíveis para garantir o nível de serviço e a imagem da sua marca no mercado. Não dá para confiar nas ferramentas mequetrefes que possam servir como base para quem cuida da operação do projeto IoT que tem que consultar para ver. Aqui e ao contrário, primeiro vê e depois consulta mais a fundo o que precisa ser investigado. 

 
 

VENDAS

A área de vendas precisa colocar pedidos e garantir o acesso do cliente ao serviço vendido – nem vale aqui tentar convencer de nada, você talvez esteja achando neste momento que é impossível que suas vendas também possam ser gerenciadas em uma única plataforma simplificando toda a operação de Internet das Coisas. Mas olha, existe e no final vou revelar quem entrega a solução. 


CONECTIVIDADE

Agora finalizei as citações dos principais desafios para entregar informações para a diversidade de atores que se envolvem no projeto, então vou voltar ao tema agnóstico da conectividade. 


As principais tecnologias IoT são GSM, Satelital e as LPWAN, além do 5G que já tá batendo aí. Nessas redes ainda temos as questões das redes privadas ou públicas. Temos também a questão de protocolo e dispositivos com mais de uma conectividade, podendo ser conectividades distintas, como LoRa e GSM, ou até mesmo fornecedores diferentes de uma mesma tecnologia como GSM operadora 1 e operadora 2 ou multi imsi. 


O motivo dos seus cabelos brancos, da careca ou daquela marca de expressão que nem o botox tira daí é a complexidade de inúmeras plataformas e ferramentas que a sua organização adota e você nem tem tempo de olhar e ver o que há de novas opções para apoiar seus negócios e garantir competitividade e redução de custos. 


Com muito orgulho revelo a você que tenho contribuído com empresas para simplificar tudo isso através da Plataforma Parlacom. 

É uma plataforma Multi Tennant, por da qual em uma única instância você tem tudo que precisa para simplificar sua operação de Internet das Coisas. 

Imagem Páginas/03. Blog/Artigos/Gestão de projetos IOT/insta-post-4-e1661811108887-300x256

Os relatórios para área de operações saí com Grafana (visualização interativa e alertas), os relatórios de resultados para seu cliente sai pelo Parla IoT (multi protocolos e conectores), o pedido para que seu cliente compre mais coloca na mesma plataforma onde também vê a fatura gerada para ele, além de todo histórico de meses passados e a sua operação podendo prospectar novos clientes com o Marketplace que a Parlacom customiza com a sua cara. O financeiro emite a nota fiscal e a fatura no mesmo sistema e ainda programa as comunicações automáticas com os clientes por e-mail, chat bot ou whatsapp. O financeiro também confere as contas das operadoras ou pode optar por terceirizar esta gestão com a Parlacom. A plataforma permite que sua organização crie hierarquias infinitas facilitando toda gestão com seus clientes internos, externos e parceiros. 


Talvez você esteja pensando, isso é muito bom, mas é meu legado?

Não se preocupe, se você compra com as operadoras as conectividades, pode continuar com seus acessos que nós centralizamos a informação na plataforma sem nenhuma alteração ou parada na sua operação. 


O mais interessante de tudo isso é que a Parlacom antecede opções para trazer mais diversidade para seus projetos, mesmo tendo integrado em sua plataforma a conectividade agnóstica com 2G, 3G, 4G, CATM (LTE-M), NB IOT das principais operadoras e MVNOs. Satélite é realidade na Parlacom, também tem Sigfox e LoRa – tanto nas modalidade redes privadas e rede pública ATC (através de distribuidor oficial), e neste mês lançou e está integrada com a rede Helium, conhecida como a rede do povo por trazer a democratização da infraestrutura. 


A rede Helium utiliza tecnologia LoRaWan, blockchain, web 3 e traz uma nova realidade para minimizar investimento de cobertura através da parceria com a BRDOT, que homologou gateways no Brasil e junto com a Parlacom estão subsidiando projetos que precisam de cobertura LoRa e/ou usar ao mesmo tempo mais de um tipo de conectividade LoRa (exemplo LoRa Privado + Rede Pública Helium), com a possibilidade de também obter uma renda passiva pela geração de HNT (cripto moeda) e toda inteligência de sistemas para trazer simplicidade e permitir a sua operação escalabilidade. 

Imagem Páginas/03. Blog/Artigos/Gestão de projetos IOT/Novo-Jogo-Novas-Regras-4

O tempo não para! As tecnologias estão se integrando e evoluindo o tempo todo.

A sua organização pode contar com parceiros que estão à frente, antecipando oportunidades. 


Eu, como Diretora Comercial de M2M e IoT da Parlacom, estou à disposição para validar junto com você como sua operação coleta benefícios financeiros, de performance e simplicidade com os sistemas Parlacom.

Vamos agendar uma reunião? 
 


Sobre a Parlacom: 

A Parlacom é uma das maiores empresas de Tecnologia para TI e Telecom no processamento de transações de M2M e IoT do Brasil e no exterior. Integrada com todas as operadoras brasileiras, a Parlacom processa mais de 4 milhões de dispositivos móveis para milhares de empresas, oferecendo total integração de suas plataformas com sistemas ligados por meio de sua extensa biblioteca de APIs.

A Maior Comunidade de Internet das Coisas do Brasil
Ver mais do o autor

Matérias relacionadas

Imagem principal do artigo Guia da Transição de Tecnologia 2G/4G no Brasil

Guia da Transição de Tecnologia 2G/4G no Brasil

Analise Brasil por tecnologia 2G e 4G com a cobertura por município

Em 28/03/2024 às 12h43

Imagem principal do artigo Tudo que você precisa saber sobre a Internet das Coisas

Tudo que você precisa saber sobre a Internet das Coisas

O IoT conecta objetos e dispositivos digitalmente, permitindo a coleta, análise e execução de tarefas com base nas informações coletadas.

Em 09/05/2023 às 11h41 - Atualizado em 09/05/2023 às 15h06

Imagem principal do artigo ESG+T: Vislumbrando o horizonte de oportunidades pela frente!

ESG+T: Vislumbrando o horizonte de oportunidades pela frente!

Tecnologia e Inovação nos Projetos destacando a sustentabilidade das empresas.

Em 07/03/2023 às 19h47 - Atualizado em 13/03/2023 às 14h32

Imagem principal do artigo Caso de Uso IoT em Aeroporto

Caso de Uso IoT em Aeroporto

Veja mais um caso real de uso de IoT em um aeroporto do Brasil, no Aeroporto Internacional Tom Jobim

Em 14/02/2023 às 14h38 - Atualizado em 14/02/2023 às 14h39

Imagem principal do artigo Proteger os equipamentos de rede é a chave para oferecer suporte à infraestrutura de IoT

Proteger os equipamentos de rede é a chave para oferecer suporte à infraestrutura de IoT

Conheça os 6 principais motivos de como proteger os seus equipamentos de rede pode ser essencial para se adaptar a Internet das Coisas.

Em 14/02/2023 às 09h31 - Atualizado em 14/02/2023 às 11h30

Imagem principal do artigo COMO O IOT RESOLVE PROBLEMAS PARA LOGÍSTICA?

COMO O IOT RESOLVE PROBLEMAS PARA LOGÍSTICA?

Como o IoT resolve problemas desafiadores para logística e transporte, cadeia de suprimentos e mobilidade urbana?

Em 02/12/2022 às 05h48 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03

Imagem principal do artigo MVNO OUTORGA E REGRAS DE PRESTAÇÃO ANATEL

MVNO OUTORGA E REGRAS DE PRESTAÇÃO ANATEL

Como a Anatel vem contribuindo para potencializar o crescimento da Internet das Coisas no Brasil

Em 02/12/2022 às 06h09 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03

Imagem principal do artigo SISTEMAS EMBARCADOS IOT NO AGRO

SISTEMAS EMBARCADOS IOT NO AGRO

Aplicações, desafios e resultados na implementação da internet das coisas no agronegócio.

Em 02/12/2022 às 06h12 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03

Imagem principal do artigo CADEIA DE VALOR DA IOT – ONDE NOS ENCAIXAMOS?

CADEIA DE VALOR DA IOT – ONDE NOS ENCAIXAMOS?

Entenda mais sobre o valor do investimento no futuro tecnológico.

Em 02/12/2022 às 03h43 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03

Imagem principal do artigo SOLUÇÕES DE INTERNET DAS COISAS SIGMAIS

SOLUÇÕES DE INTERNET DAS COISAS SIGMAIS

TIM é escolhida pela Sigmais para lançamento de suas soluções de IoT baseadas em eSIM

Em 02/12/2022 às 05h32 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03