INDÚSTRIA 4.0 E O FUTEBOL NA ERA DIGITAL

Indústria 4.0 e a analogia do futebol na era digital: Quem ajuda as Pequenas e Médias Empresas (PME) a se transformarem digitalmente?

Acesse os fatos:

  • Na Copa do Mundo Masculina de Futebol 2018, quando o VAR (Video Assistant Referee) foi utilizado a precisão da decisão da arbitragem aumentou 3,75% (de 95,60% para 99,35%) . Em 13 ligas nacionais masculinas de futebol, o uso do VAR aumentou a precisão da decisão da arbitragem em um 6,2% (de 92,1 para 98,3%).
  • No campeonato espanhol de futebol 2019/2020, o VAR aumentou o sucesso na sinalização de pênaltis até 98,55%, um aumento de 6,88% .

E tudo isso incorporando apenas conceitos de digitalização da Indústria 4.0.

O que podemos esperar da Copa do Mundo em 2022?

Se fazemos isso com o futebol, por que não com nossas indústrias?

O desenvolvimento de novas tecnologias digitais associadas à manufatura está levando à quarta revolução industrial, conforme anunciado pelo fundador e diretor do Fórum Econômico Mundial (WEF) em 2016, Klaus Schwab.

A Indústria 4.0 e a Manufatura Avançada combinam maquinário e tecnologias digitais para criar valor, o que se reflete em cadeias de produção inteligentes e conectadas que informam e coordenam o processo de produção, distribuição e pós-venda.

A primeira revolução industrial veio da mão da máquina a vapor, a segunda da eletricidade, a terceira da tecnologia da informação e esta quarta vem da mão da integração dos mundos físico, digital e biológico, afetando todas as disciplinas, economias e indústrias e principalmente impactando a produtividade e criando espaços para novos modelos de negócios .

Esta nova revolução é baseada em elementos ciberfísicos, que são aqueles dispositivos que integram capacidades de processamento, armazenamento e comunicação, a fim de controlar e interagir com um processo físico.

No entanto, não é fácil para ninguém quebrar o status quo e avançar com novos processos. Ainda menos para pequenas e médias empresas (PMEs) que muitas vezes lutam com a produção do dia-a-dia .

Para entender melhor, e aproveitando o momento futebolístico que vivemos, proponho analisar o que a FIFA fez com o futebol para levá-lo a um modelo da Indústria 4.0, para usá-lo como paralelo do que podemos fazer com nossas PMEs.

Um dos principais problemas históricos das partidas de futebol tem sido a aplicação das regras do jogo, ou seja, a FIFA precisava melhorar a aplicação das regras nas partidas, para que os resultados de uma partida se ajustassem o máximo possível ao que realmente acontece em campo.

Consideremos então a diferença entre o resultado ótimo teórico de uma partida estritamente de acordo com as regras do jogo versus o resultado real obtido como um “gap de produtividade”.

Assim, a FIFA levantou a necessidade de desenvolver novos mecanismos para uma aplicação mais exata dessas regras – ou seja, “melhorar a produtividade” – já que, em determinadas partidas, há uma aplicação questionável dessas regras do futebol, como: gols, pênaltis, vermelho e cartões amarelos, entre outros. Para isso, a FIFA propõe o uso do VAR (Video Assistant Referee), ou seja, na terminologia da 4ª revolução industrial , agregar diferentes sensores com capacidades ciber-físicas para poder aplicar melhor as regras quando uma partida de futebol é disputada e para ser capaz de reduzir a diferença de produtividade”.

Os sensores neste caso são: câmeras para capturar o que acontece nos espaços do campo de futebol, sensores de movimento para verificar gols e uma Cabine de Arbitragem onde todas as informações capturadas são processadas através de ferramentas de análise e recomendações, para melhorar a produtividade entre um 3,75% e um 6,88% através de uma equipe de árbitros profissionais responsáveis.

Bem, se a FIFA conseguiu desenvolver essa capacidade para lidar com as lacunas de produtividade das partidas de futebol, temos certeza de que os governos Governos e Organizações Privadas podem fazer o mesmo com as PMEs na América Latina.

Nossos setores industriais que fabricam produtos possuem processos produtivos que são afetados por diversas situações que precisam ser identificadas e então tratadas para “ melhorar a produtividade” como aconteceu na aplicação das regras do futebol por meio do VAR.

Para isso, as PMEs exigem que uma instituições reconhecidas no seu papel de melhorar a competitividade e as capacidades tecnológicas dos paises, as apoie neste processo de transformação para a Indústria 4.0.

 
O que as PMEs precisam?

Numa única linha “gerar dados e analisá-los para tomar decisões informadas”, para isso necessitam de equipamentos que lhes permitam identificar as variáveis críticas dos seus processos, tais como: Temperatura, Pressão, Força, Velocidade, etc. e desta forma, com a sua inerente capacidade ciberfísica, processar, armazenar e transmitir essa informação para um Centro de Controlo de Dados da própria PME, onde uma equipa ad hoc pode, com ferramentas de Data Analytics, tomar decisões mais informadas para impactar positivamente o processo produtivo, assim como o VAR.

Que nossas PMEs da América Latina avancem para a conceituação da Indústria 4.0 é fundamental para o futuro produtivo, e prosperar nessa linha significa pelo menos poder ter dados para tomar decisões informadas, pois esses registros serão nossa carteira de identidade no futuro.

Se nossas PMEs em América Latina conseguirem avançar nessa linha, poderão impactar claramente seus resultados entre 3% e 5% em produtividade, reduzir custos de manutenção entre 10% e 40% e time to market entre 20% e 50% segundo estatísticas da McKinsey para o ano de 2015.

A América Latina precisa acelerar o ritmo para entrar na 4ª Revolução Industrial, como a FIFA fez com o VAR e transformar nossa indústria produtiva em uma Indústria 4.0.

Uma ferramenta de suporte que ajudará a conhecer o status atual e o monitoramento futuro da evolução da Indústria 4.0 na América Latina, é o modelo de maturidade da Indústria 4.0 desenvolvido pelo Grupo Centinela do Chile e que será aplicado no Brasil em parceria com Tudo Sobre IoT do Brasil.


Referências:

Adaptação para o português do artigo de Marcelo Soto “Industria 4.0 y la analogía del fútbol en la era digital: ¿quién ayuda a nuestras pymes a transformarse digitalmente?”, Jornal “La Tercera” do Santiago do Chile, 26 de Outubro 2020.
https://www.latercera.com/que-pasa/noticia/industria-40-y-la-analogia-del-futbol-en-la-era-digital-quien-ayuda-a-nuestras-pymes-a-transformarse-digitalmente/TSPBLITESNEIZEUM5U4FZ6YZRY/

https://sports.ndtv.com/2018-fifa-world-cup/fifa-world-cup-2018-var-used-440-times-increased-referee-accuracy-ended-off-side-goals-1882966

hhttps://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/02640414.2020.1809163

https://iusport.com/art/96960/el-cta-destaca-que-el-var-aumenta-el-acierto-en-los-penaltis-en-un-9855

A Maior Comunidade de Internet das Coisas do Brasil
Ver mais do o autor

Matérias relacionadas

Imagem principal do artigo Guia da Transição de Tecnologia 2G/4G no Brasil

Guia da Transição de Tecnologia 2G/4G no Brasil

Analise Brasil por tecnologia 2G e 4G com a cobertura por município

Em 28/03/2024 às 12h43

Imagem principal do artigo Tudo que você precisa saber sobre a Internet das Coisas

Tudo que você precisa saber sobre a Internet das Coisas

O IoT conecta objetos e dispositivos digitalmente, permitindo a coleta, análise e execução de tarefas com base nas informações coletadas.

Em 09/05/2023 às 11h41 - Atualizado em 09/05/2023 às 15h06

Imagem principal do artigo ESG+T: Vislumbrando o horizonte de oportunidades pela frente!

ESG+T: Vislumbrando o horizonte de oportunidades pela frente!

Tecnologia e Inovação nos Projetos destacando a sustentabilidade das empresas.

Em 07/03/2023 às 19h47 - Atualizado em 13/03/2023 às 14h32

Imagem principal do artigo Caso de Uso IoT em Aeroporto

Caso de Uso IoT em Aeroporto

Veja mais um caso real de uso de IoT em um aeroporto do Brasil, no Aeroporto Internacional Tom Jobim

Em 14/02/2023 às 14h38 - Atualizado em 14/02/2023 às 14h39

Imagem principal do artigo Proteger os equipamentos de rede é a chave para oferecer suporte à infraestrutura de IoT

Proteger os equipamentos de rede é a chave para oferecer suporte à infraestrutura de IoT

Conheça os 6 principais motivos de como proteger os seus equipamentos de rede pode ser essencial para se adaptar a Internet das Coisas.

Em 14/02/2023 às 09h31 - Atualizado em 14/02/2023 às 11h30

Imagem principal do artigo COMO O IOT RESOLVE PROBLEMAS PARA LOGÍSTICA?

COMO O IOT RESOLVE PROBLEMAS PARA LOGÍSTICA?

Como o IoT resolve problemas desafiadores para logística e transporte, cadeia de suprimentos e mobilidade urbana?

Em 02/12/2022 às 05h48 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03

Imagem principal do artigo MVNO OUTORGA E REGRAS DE PRESTAÇÃO ANATEL

MVNO OUTORGA E REGRAS DE PRESTAÇÃO ANATEL

Como a Anatel vem contribuindo para potencializar o crescimento da Internet das Coisas no Brasil

Em 02/12/2022 às 06h09 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03

Imagem principal do artigo SISTEMAS EMBARCADOS IOT NO AGRO

SISTEMAS EMBARCADOS IOT NO AGRO

Aplicações, desafios e resultados na implementação da internet das coisas no agronegócio.

Em 02/12/2022 às 06h12 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03

Imagem principal do artigo CADEIA DE VALOR DA IOT – ONDE NOS ENCAIXAMOS?

CADEIA DE VALOR DA IOT – ONDE NOS ENCAIXAMOS?

Entenda mais sobre o valor do investimento no futuro tecnológico.

Em 02/12/2022 às 03h43 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03

Imagem principal do artigo SOLUÇÕES DE INTERNET DAS COISAS SIGMAIS

SOLUÇÕES DE INTERNET DAS COISAS SIGMAIS

TIM é escolhida pela Sigmais para lançamento de suas soluções de IoT baseadas em eSIM

Em 02/12/2022 às 05h32 - Atualizado em 07/02/2023 às 15h03